Buscar

Bate-papo com Tati Pinho - Campos


Se eu dissesse que foi muito bom seria muito pouco, então aqui tem mais sobre esse encontro.

As inscrições acabaram muito rápido, como se dissessem “queríamos muito isso!!! E estaremos lá pontualmente”

E realmente aconteceu. Num ambiente bem aconchegante, vários fotógrafos experientes ou iniciantes estavam lá pra fazer perguntas e ouvir respostas sobre como produzir fotografias lindas e surpreendentes, mas não só isso como também ouvir sobre quem é ela, sua história com a fotografia, suas premiações, etc.

Ela é uma fofa e super simpática. No meio de muitos assuntos falou sobre linguagem, fotojornalismo, sobre como não queria/ não pretendia fotografar casamentos, seus primeiros {e aventureiros} trabalhos, como é sua entrega de kits, conhecer o casal ou a família; e casos engraçados também como quando abriu a porta da igreja.

Foram muitas dicas e opiniões pessoais que nos ajudaram a ver novos horizontes, ter novas ideias, como por exemplo sobre as locações (lugares onde acontece o ensaio). Quem já pensou no centro da cidade pra fazer fotos? Ela sim, e ficaram incríveis, não é somente o lugar o responsável por uma boa fotografia.

Por fim, nos aconselhou a sermos diferentes. Estudos apontam que as pessoas não ficam mais do que três segundos olhando uma imagem, e ser diferente seria justamente conseguir “pescar” um olhar por mais tempo, fugir do que todos estão fazendo e assim produzir trabalhos que se destaquem.

#batepapo #TatiPinho #campos #exposição

12 visualizações